A Samsung Electronics finalizou sua exposição no julgamento de infração de patentes entre a empresa sul-coreana e a Apple nesta quinta-feira (16). A empresa trouxe ao tribunal testemunhas que afirmaram que a Apple deve em torno de US$ 421,8 milhões em direitos autorais à companhia sul-coreana.

Segundo informações da agência Bloomberg, o especialista em danos, Vincent O’Brien da empresa OSKR LLC, que testemunhou a favor da Samsung, disse ao júri da corte federal de San Jose, na Califórnia (EUA), ter calculado US$ 22,8 milhões em royalties baseado no argumento de que a Apple infringiu três patentes da Samsung.

O especialista David Teece, da faculdade de negócios de Berkeley, na Universidade da Califórnia, testemunhou que os danos provocados pela infração da Apple sobre duas outras patentes da Samsung representam uma soma entre US$ 290 milhões e US$ 399 milhões, com base em um percentual de 2% a 2,75% de direitos autorais.

A Apple iniciou um processo contra a Samsung em abril de 2011, acusando a fabricante dos smartphones e tablets da linha Galaxy de copiar suas patentes de design. A empresa sul-coreana rebateu as acusações e também iniciou um processo contra a Apple por infração de patentes de serviços.

O julgamento foi iniciado em 30 de julho e cada envolvido teve 25 horas para apresentar seus argumentos de acusação e defesa. Segundo a Bloomberg, a juíza Lucy Koh, responsável pelo caso, disse que aguarda as deliberações do juro na próxima terça-feira (21).

Fonte: G1

Partilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *